Header Ads

O que Jesus veio fazer entre nós?


"Veio para o que era seu, mas os seus não o receberam. Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus” (João 1.11-12)

O que Jesus veio fazer entre nós? Veio nos levar de volta para Deus. Mas o que isso significa, na prática? Significa que, por meio de Cristo, recebemos o direito de viver com Deus no céu. Não vamos mais para o inferno, que é o que mereceríamos por causa dos nossos pecados. Mas uma vez que Cristo pagou pelos nossos pecados, nos livrou da condenação e agora temos vida eterna. Bem, é dessa maneira que costumamos entender o que Cristo veio fazer por nós. E em termos de consequências eternas, podemos considerar essas declarações. Mas muitas vezes ficamos cegos para o que de fato significa ser filho de Deus enquanto estamos vivendo neste mundo. E é exatamente pelo modo como vivemos neste mundo que se confirma se somos filhos de Deus.

Creio que a forma correta de pensarmos em nossa vida cristã seja primeiramente avaliar o modo como estamos vivendo aqui, se estamos vivendo como pessoas que foram reconciliadas com Deus. Se fomos reconciliados com Deus, então nos tornamos embaixadores da reconciliação. É o que Paulo escreveu em 2 Coríntios 5.17 a 10. Crendo em Cristo somos feitos novas pessoas e também embaixadores para convidar outros a crerem e serem também reconciliados. E a maior propaganda disso, ou mensagem, é você e sou eu. Minha vida inspira outros a buscarem a Deus? Essa pergunta é importante. Outros aspectos têm a ver com o amor. Fomos amados por Deus e temos um mandamento de Deus para amá-lo e amar ao nosso próximo. Creio que não seria preciso citar textos. Você certamente sabe que isto está na Bíblia. Ser filho de Deus, portanto, envolve amor nessas duas direções. E há um terceiro aspecto: o caráter!

Ser filho de Deus envolve justiça e envolve moralidade. E então diversos desvios tornam-se incompatíveis com o que deve ser nossa vida: hipocrisia, vícios, mentira, desonestidade, ódio, preconceito, infidelidade, desrespeito, violência, abuso de todos os tipos, assim como diversas questões que podem afetar nossa sexualidade e que contrariam a vontade de Deus para nossa vida. Isso para apenas citar algumas coisas! Quem de nós superou tudo? Só viveremos como filhos de Deus se vivermos com Deus, sob Seus cuidados, influenciados por Sua presença e beneficiados por Sua graça, que cobre pecados. Por isso não devemos julgar uns aos outros. E devemos nos lembrar da virtude que não pode faltar e que é o caminho que nos fortalece para todas as outras: o amor. Porque quem não ama não conhece a Deus (1 Jo 4.8). E se não conhecemos a Deus, como podemos crer que somos filhos de Deus?

ucs

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.